segunda-feira, janeiro 03, 2011

Edgar Degas-Engomadeiras

Edgar Degas (1834-1917) reflectia nas suas pinturas as novas classes trabalhadoras que surgiram nas cidades do século XIX.O artista mostrava-se sensibilizado, principalmente, pela dura jornadas das mulheres trabalhadoras, sendo por isso este tema recorrente na sua vasta obra. Nesta composição duas engomadeiras estão presentes.Uma delas realiza esmeradamente e esforçadamente a sua tarefa, enquanto a outra faz uma pausa, espreguiçando-se com ar sonolento.Agarra uma garrafa e parece que tem intenção de beber o liquido que ela contêm, posto que sobre a mesa de trabalho encontra-se uma tigela de barro.O seu ar é de puro cansaço e sonolência, reflexo do esforço realizado e talvez por horas de trabalho monótono e cansativo. A que trabalha tem o corpo inclinado para a frente, de modo a que possamos perceber o seu esforço em tentar alisar as rugas da peça de roupa branca disposta sobre uma grande mesa rectangular. A pincelada fluída e livre define a composição da cena, cujo fundo esbatido não nos deixa adivinhar o que se encontra por detrás destas trabalhadoras.É precisamente este fundo, que nos transmite uma sensação de claustrofobia, pois intensifica-se deste modo o duro trabalho que talvez ainda esteja por realizar. Degas normalmente estudava com alguma antecedência a composição da tela, assim como as posições e gestos das suas personagens.Este quadro e muitas das obras de Edgar Degas podem ser apreciadas no Museu D'Orsay assim como no Museu do Louvre em Paris e no Nacional Galllery of Art em Londres.O filme que aqui aparece procura mostrar algumas das obras deste genial artista francês.

video

Sem comentários: