sexta-feira, maio 06, 2011

Arpad Szenes-1897-1985

Arpad Szenes nasceu em Budapeste a 6 de Maio de 1897, (se fosse vivo faria hoje 88 anos) onde começou a dar os primeiros passo em desenho e pintura.Após um périplo por vários países europeus, decidiu a viver em Paris em 1925, ano que termina a sua conhecida obra "Autoportrait à la Pupuli Rouge", obra de destaque no conjunto dos seus trabalhos de influência surrealista.Em 1929, ainda na capital francesa, conhece a pintora portuguesa Maria Helena Vieira da Silva, nessa altura a estudar pintura na Académie de La Grande Chaumiére, com quem se casa no ano seguinte. Portugal passa então a fazer parte da rota de Arpad Szenes, participando em diversas exposições colectivas.Quando se inicia a Segunda Guerra Mundial o casal regressa a Lisboa.Contudo sem conseguirem a nacionalidade portuguesa para Arpad (apátrida a partir do momento em que os nazis lhe retiraram a nacionalidade húngara devido a sua ascendência judaica), o casal refugia-se no Rio de Janeiro onde vivem até 1947.Três anos depois, A.Szenes começa a concluir as suas obras mais conhecidas e em 1956 é-lhe concedida a nacionalidade francesa, assim como à sua mulher M.Helena Vieira da Silva.Passam então a apoiar gerações de artistas portugueses em Paris, sobretudo a partir da década de 1950. Entre estes artistas, figuram o nome de Manuel Cargaleiro e Lourdes Castro,João Vieira entre outros. Arpad Szenes morreu em Paris a 16 de Janeiro de 1985.Parte da sua obra foi posteriormente reunida na Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, criada em Lisboa em 1994.O filme que aqui aparece, procura mostrar um pouco da obra deste grande pintor.

video

Sem comentários: