quinta-feira, outubro 14, 2010

CupCakes

A moda dos cupcakes, ou bolinhos de fadas como também são conhecidos chegou a Portugal e parece que veio para ficar. Pelo menos nos sítios onde estas pequenas obras de arte da doçaria estão à venda podemos encontrar sempre pequenas multidões de jovens e adultos para os comprar, e muitas vezes para os fotografar.É comum ver-se jovens raparigas de telemóvel em punho a fotografá-los antes de os comer, porque de facto, há cupcakes muito bonitos e apelatívos! Os cupcakes, devem o seu nome ao facto da medida dos ingredientes serem medidos numa chávena (cup), pois isso acabava por facilitar a memorização da receita e poupava tempo na cozinha. Há quem diga que são originários Grã-Bretanha, outros dizem que começaram primeiramente a serem produzidos e comercializados nos E.U.A., mas o que é certo que quem lhes trouxe fama mundial, foram aos personagens da série "O Sexo e a Cidade", que os compravam na famosa Magnólia Bakery, que depois da série tornou-se o santuário dos fãs dos cupcakes. Em Londres, a Hummingbird Bakery, é há muito tempo local de peregrinação habitual, para quem aprecia esses pequenos doces.Também os cupcakes podem ser lembrados através do filme de Sofia Coppola, "Marie Antoinette",em que vemos a mesma e respectiva corte a degludi-los numa orgia de beleza, glamour e futilidade absolutamente irresistível.Após serem catapultados para a fama surgiram livros de receitas que nos ensinam a fazê-los e os de Janet Smith, denominado de "Le Kit Cupcakes", ou da norte americana Martha Stewart, são hoje referências para quem os aprecia e adora colocar a mão na massa. Também os pequenos livros de Joaanna Farrow (200 cupcakes) e de Alisa Morov (Mon Kit Cupcakes) podem ser boas ajudas.Cada país acaba por ter o seu modo de fazer cupcakes.Em Portugal, há ainda quem lhes resista, devido ao facto de desconfiarem das coloridas coberturas que dão vida aos cupcakes e por os acharem algo enjoativos, devido à camada de creme que os cobre.Os ingredientes são os mais variados e há actualmente uma aposta nos frutos frescos para a realização dos cremes de cobertura. Assim, são utilizando os mais variados ingredientes, tais como a manteiga,queijo fresco, o rum,cerveja,tequila, chocolate,whiskie, café,cacau, castanhas, mirtilos, morangos, framboesas, cerejas, etc. Há inclusive quem aposte em sabores fortes para os homens e mais leves para as senhoras. Os produtos biológicos também fizeram a sua entrada na produção de cupcakes, acabando assim muitas vezes por fazer a distinção entre um bom produto ou a massificação do mesmo. Em Portugal existem bons pontos de venda desses pequenos bolos e aí poderemos apreciar, a delicadeza com que muitas vezes eles são apresentados. O papel frisado onde o cupcake é feito, é também um ponto a ter em atenção e muitas vezes podemos apreciar autênticas obras de arte que vão da forma à apresentação final, onde podem pontuar, fadas, pombos, flores, borboletas,corações, ursinhos,letras pintadas, pepitas de chocolate, de açucar,etc.O que interessa é dar asas à imaginação e os cupcakes são ideais para que isso aconteça.Na Internet, há vários sites que têm óptimas receitas para os cupcakes assim como já há livros em inglês e em francês com boas receitas e bonitas fotografias.O negócio também tem vindo a ser franchisado, tornando os cupcakes um negócio apetecível, se se saber usar boas receitas e bons ingredientes e não massificar o produto, fazendo com que este perca as suas características.Os cupcakes vieram para ficar e para nos levarem durante alguns minutos a um mundo de leveza, doçura, candura e muita beleza feita de açúcar.
video

Sem comentários: