domingo, março 13, 2011

The Adjustment Bureau-Os Agentes do Destino



Estreou esta semana em Portugal o filme de Jeorge Nolfi "The Adjustment Bureau", os Agentes do Destino" em português.O filme traça o percurso de vida/destino de David Norris (Matt Damon) um ambicioso político nova iorquino que à beira de conquistar um lugar no Senado, conhece a bela bailarina contemporânea, Elise Sellas (Emily Blunt) uma mulher como ele nunca conheceu. Mas assim que se começam a apaixonar, misteriosos homens conspiram para mantê-los afastados. David percebe que está a lutar contra os próprios Agentes do Destino, que farão tudo ao seu alcance para evitar que David e Elise fiquem juntos. Perante tão estranhos acontecimentos, ele tem de deixá-la ir e aceitar o caminho que lhe foi destinado… ou arriscar tudo e desafiar o Destino.O filme trata um tema muito caro a P.K.Dick, uma vez que coloca-nos perante a questão de sabermos se a nossa vida é um caminho traçado por nós em que o Livre-Arbitrío está inegavelmente presente ou se estamos determinados a seguir aquilo que os agentes do Adjustment Bureau denominam de "traço previamente definido" por uma entidade que até ao fim do filme nunca chegamos a saber quem é, apesar da nossa curiosidade.Contudo, o realizador contorna bem esta questão, fazendo-nos perceber que ela pode ser apenas e só a nossa própria vontade de decidir sobre o rumo das nossas vidas.O simples facto de abrirmos uma porta (e o filme está cheio delas)pode fazer com que viremos uma página da nossa vida e tormemos um rumo que talvez não tomaríamos se essa porta não fosse aberta.Assim,e tal como disse J.P.Sartre "somos nós e a nossa circunstância", estamos sós, lançados no mundo e nem essa entidade misteriosa tem poder supremo sobre as nossas decisões.Gostei do filme, gostei mesmo muito, uma vez que Jeorge Nolfi, partindo de um pequeno conto de K.Dick (também em Relatório Minoritário Steven Spilberg, tinha feito o mesmo), consegue realizar um filme muito interessante a nível estético, com actores muito seguros no seu papel (Terence Stamp, impecável como sempre, assim como o actor Anthony Mackie ) e com uma Emily Blunt em estado de graça e perfeita no seu papel de bailarina.Matt Damon, a meu ver está a revelar-se como um dos grande actores de Hollywood e quem o vê em "Herafter","True Grit" e agora neste "Adjustment Bureau", fica com a impressão que o rapaz não se cansa e está sempre muito 'dentro' das personagens por si representadas.2010 em termos cinematográficos é para mim de facto, o ano de Matt Damon.Para quem gosta dos livros deste grande autor de ficção que é P.K.Dick e para quem gosta de filmes que fazem questionar a nossa existência e breve passagem por este mundo, eis um bom filme a não perder.

1 comentário:

Turma disse...

Olá professora.

Vim aqui exactamente para ver a sua opinião deste filme pois tinha a certeza que o ía ver.

Infelizmente esta semana acabei por não ir ao cinema ver este filme, mas espero ir para a semana.