quinta-feira, setembro 30, 2010

O Desânimo

A desmoralização, corrói o nosso corpo e alma como ácido.Sentimo-nos inúteis, sem ânimo, incapazes de agir , de rir, de procriar...de viver. Sentimo-nos permanentemente tensos, não conseguimos relaxar, descansar.Não dormimos ou se o fazemos é à base de químicos e então entregamo-nos ao sono como se daí viesse a nossa salvação. Apesar de dormirmos muito sentimo-nos contudo, permanentemente cansados e esgotados. Passamos o tempo a caminhar do trabalho para casa, e aqui, não temos ânimo para nada.Há quem se refugie na comida e então o frigorífico passa a ser a tábua de salvação.Outros deixam de comer e então instalasse a irritabilidade, porque o organismo como corpo vivo que é, reage contra nós. Por vezes tentamos realizar coisas divertidas, escrever, ler livros que nos façam rir, ir ao cinema ver uma comédia, mas estamos presentes apenas em corpo, não em espírito.Não gostamos de nada, e parece que ninguém gosta de nós.Refugiamo-nos também em programas de televisão, vendo-os sem contudo nada ver.Lemos livros,revistas, jornais, no qual não estamos absolutamente interessados.Tudo parece passar ao nosso lado.Sentimos que cada dia que passa é pura perda de tempo, pois nada produzimos que possa ser considerado valioso.Choramos, por qualquer coisa, deixamos de rir, de gostar de nós e por fim começamos a não gostar dos outros. O outro, tenta animar-nos, arribar-nos, levar-nos para cima. Fingimos que nos sentimos mais animados,para não desiludir quem com tanto cuidado tenta olhar por nós. Por fim, damos conta que a cura tem de vir de dentro, do fundo do nosso ser, que os medicamentos, os químicos ajudam, mas não curam, a cura tem que ser procurada em algo, que não sabemos bem o que é, mas que está dentro de nós e, lentamente vamo-nos reerguendo para a vida.Olhando para trás, difícilmente sabemos dizer qual foi o mecanismo que nos fez reviver, talvez tenha simplesmente sido, a nossa vontade intrínseca de ser felizes e largar esse desânimo e essa tristeza que caiu sobre nós como um peso infinito.Então, lentamente rastejamos para fora desse manto negro e tornamos a ver a luz do sol.

Comer,Orar, Amar

Julia Roberts é a protagonista do filme “Comer Orar Amar”. Ela encarna o papel de uma mulher que decide mudar a sua vida radicalmente, provando que nunca é tarde para procurar o seu equilíbrio. O filme é baseado no livro de Elizabeth Gilbert que foi promovido pela famosa apresentadora de televisão Oprah e esteve 158 semanas no New York Times Best Seller List. Elizabeth Gilbert ganha agora ainda mais fama com o filme realizado por Ryan Murphy (Nip Tuck e Glee) e que tem como actores principais Julia Roberts e Javier Bardem. Na nossa sociedade, não é assim tão fácil deixar tudo e partir pelo mundo fora à procura de um equilibro tal como fez Elizabeth Gilbert. Não é qualquer mulher que tem a coragem para fazer o que Elizabeth fez, embora haja muitas mulheres que sentem essa vontade, mas falta-lhe a coragem para correr o risco de tentarem ser mais felizes. Nos dias que correm as mulheres conseguem ter uma estabilidade económica maior do que há 20 anos atrás. As mulheres do século XXI possuem uma auto-estima e um auto-conceito maior que outrora. Acreditam nas suas capacidades e muitas decidem mudar de vida a meio do seu percurso porque sabem que, de uma maneira ou de outra, irão ser bem sucedidas. Esta história de uma mulher que decide mudar radicalmente a sua vida e partir numa viagem, despertou a atenção de muita gente (como disse anteriormente o livro vendeu muito bem, e o filme era inevitável) e Julia Roberts está magnífica como sempre.

segunda-feira, setembro 27, 2010

Rafael - Escola de Atenas

Nesta obra de Raffaello Sazio (nascido em Urbino em 1483 e tendo morrido em Roma em 1520), mais conhecido por Rafael, um animado grupo de homens, velhos e novos, reúne-se num vasto átrio. Cinco figuras debruça-se sobre um compasso e discutem geometria, enquanto outras (segurando um globo e uma esfera com representações de estrelas) discutem astronomia.Outros grupos ainda discutem animadamente, arte e outros temas.As duas figuras ao centro do quadro, dirigindo-se ao observador, avançando com confiança e calma, são Platão e Aristóteles, os dois maiores filósofos da Antiguidade.Em Outubro de 1508, o Papa Júlio II, encomendou a redecoração dos seus aposentos privados a um grupo de artistas. "A Escola de Atenas", e outros frescos da Stanza della Segnatura levaram, a Rafael, três anos a fazer. Juntamente com Leonardo e Miguel Ângelo, simboliza o ponto mais alto do Renascimento. Rafael era arquitecto, pintor, desenhador de esculturas e um artista muito ambicioso. Deixou para a posterioridade larga obra, sendo por isso considerado um dos maiores desenhadores da arte Ocidental.Esta obra intitulada "A Escola de Atenas", foi realizada entre 1508/11, é um Fresco, tem a largura de 770cm e pode ser apreciado no Palazzo del Vaticano em Roma.

Como Fazer uma Mala!

Pelos vistos, para se fazer uma mala, levando nela tudo o que precisamos, é necessário muita imaginação, arte e engenho!Uma boa lição para homens e mulheres que têm por hábilto levar "a casa às costas"!


quinta-feira, setembro 23, 2010

Saltar Fora

As relações amorosas nos locais de trabalho, por mais apetecíveis que possam ser, muitas vezes ( se não sempre) acabam por resultar mal para os envolvidos.Pelo que me foi dado a ver até agora, poucos são os que se saem airosamente, se bem que como sabemos, não há regra sem excepção, e há bonitos e duradouros casos de sucesso. Contudo, quando há desentendimentos as causas para os mesmos são muitas, indo da saturação, a pequenas intrigas que vão minando a relação , até que se chega a um ponto que qualquer um dos envolvidos apenas quer "saltar fora" o mais depressa daquela relação, porque...simplesmente já não pode ver a cara daquele/a que há uns meses era o seu "mais que tudo" .O problema é esse" saltar fora"! É que este"mar não está para peixe" e a menos que tenhas um emprego que te permita uma rápida 'emigração' para outras paragens bem mais arejadas, na maior parte das vezes, ficas amarrado/a a uma situação incómoda, chata, quezilenta, desagradável, e tens que aguentar...e cara alegre.Há poucos dias uma amiga/colega, confidenciava-me o que se estava a passar com um amigo dela, que estava a passar pelas piores agruras, porque tinha tido o 'azar' de se envolver com uma colega, as coisas azedaram e ele queria fugir...mas...onde arranjar outro emprego? É que as coisas estão tão más...que o melhor é mesmo ir aguentando o barco, tentar levar a situação na desportiva, rir, descontrair...e se possível, tentar estar o mais longe possível da ex-relação.Aprendemos com os nossos erros e este é mais um. Tornaremos a prevaricar mais tarde ou mais cedo, é só a oportunidade surgir.Somos seres humanos e por isso, andamos sempre a dar com a cabeça, as pernas e os braços nas paredes,elas vão aguentando e nós também.Afinal,são esses infortúnios da vida que fazem de nós os seres mais imperfeitos ao cimo da terra.

quarta-feira, setembro 22, 2010

I'm Back Again

O Grande e Sensacional DJ, Pete tha Zouk feat Abigail Bailey!Só podia dar hit!!!!

terça-feira, setembro 21, 2010

Para Rir...

O marido, ao chegar em casa, no final da noite, diz à mulher que já estava deitada :
- Querida, eu quero amá-la.
A mulher, que estava dormindo, com a voz ensonada, responde:
- A mala.. ah não sei onde está, não! Use a mochila que está no maleiro do quarto de visitas.
- Não é isso querida, hoje vou amar-te.
- Por mim, você pode ir até Júpiter, Saturno e até à merda, desde que me deixe dormir em paz!


"Quando eu era CHAVALO, a minha mãe mandava-me à mercearia com apenas cinco ESCUDOS.
Lá ia eu todo contente.
Voltava então com 3 kg de batatas, 1 pão de mafra, 2 litros de leite, 1/2 kg de queijo, 1 caixa de chá, fruta variada e 1 dúzia de ovos.
Hoje em dia não dá mais para fazer isso...
Encheram a mercearia de câmaras de vigilância!!"



Um policia da Judiciária vai a uma propriedade e diz ao dono, um velho lavrador:

"Preciso de inspecionar a sua quinta por suspeita de plantação ilegal de droga!"

O lavrador diz: "Ok, mas não vá prá encosta ali à direita." E aponta
para uma certa área.

O policia, chateado, diz indignado: " O senhor sabe que tenho o poder
do governo comigo?" e tira do bolso um crachat mostrando-o ao
lavrador: "Este crachat dá-me autoridade de ir onde quero ... e entrar
em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma
pergunta! Está claro? Fiz-me entender?!"

O lavrador, educado pede desculpas e volta para o que o estava a fazer.

Poucos minutos depois, o lavrador ouve uma gritaria e vê o policia da
"judite" correndo para salvar a pele, perseguido pelo malhado, o maior
touro da propriedade!

A cada passo o touro vai chegando mais perto do policia, que parece
que irá levar umas cornadas, antes de conseguir alcançar um lugar
seguro.

O policia está apavorado ...
O lavrador larga as ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças:
"O seu crachat, mostre-lhe o seu CRACHAT
!"



Júlio está no motel com a amante, curtindo o pós-queca, quando ela resolve interromper o silêncio:
- Júlio, por que tu não cortas essa barba?
- Ah... se dependesse só de mim... Tu sabes que a minha mulher seria capaz de me matar se eu aparecesse sem barba... ela ama-me assim !
- Ora, querido - insiste a amante - Faça isso por mim, por favor...
- Não sei não, querida.... sabes, a minha mulher ama -me muito, não tenho coragem de decepcioná-la...
- Mas tu sabes que eu também te amo muito... pensa no caso, por favor...
O tipo continua dizendo que não dá, até que não resiste às súplicas da amante e resolve atender ao pedido.

Depois do trabalho passa num barbeiro, em seguida vai a um jantar de negócios e quando chega em casa a esposa já está a dormir.

Assim que ele se deita, sente a mão da esposa afagando o seu rosto lisinho e com a sua voz sonolenta ela diz:
- Ricardo!!! Seu merda, filho de uma p..., você ainda está aqui?
Vai-te embora... O barbudo do meu marido deve estar a chegar
!!!



Depois de fazerem amor...
Um homem estava deitado na cama com a sua nova namorada. Aquela coisinha fofa, deliciosa, linda... Depois de terem feito sexo, ela ficou um tempão acariciando- lhe os testículos. Algo de que ela parecia gostar imensamente. Ele também estava adorando, mas com curiosidade perguntou:- Porque gosta tanto de acariciar os meus testículos?
Com sua voz macia respondeu:
- Saudades dos meus...


Num congresso internacional de medicina.

O médico alemão diz:
Na Alemanha, fazemos transplantes de dedo. Em 4 semanas o paciente
está procurando emprego.

O médico espanhol afirma:
A medicina espanhola é tão avançada que conseguimos fazer um
transplante de cérebro. Em 6 semanas o paciente está procurando
emprego.

O médico russo diz:
Fazemos um transplante de peito. Em 1 semana o camarada pode procurar
emprego.

O médico grego disse:
Temos um trabalho de recuperação de bêbados. Em 15 dias o indivíduo
pode procurar emprego.

O médico português diz orgulhoso:
Isso não é nada! Em Portugal, nós arranjamos um homem sem cérebro,
sem consciência, sem peito, mentiroso, corrupto, e elegêmo-lo primeiro
ministro.


Três amigos queixavam-se:
– A minha mulher é muito burra. Comprou 100 Kg de carne só porque
estava em promoção. Vai-se estragar tudo... nós nem sequer temos arca
frigorifica!

– A minha ainda é mais burra - diz o segundo - Comprou um carro só
porque tinha uma cor bonita... eu já tenho carro e ela nem sequer tem
carta!

– Olhem que a minha ainda consegue ser mais burra – diz o terceiro –
Não é que vai de férias para a Grécia com duas amigas e comprou 20
caixas de preservativos... nem sequer tem pila!

Estavam o Ti Jaquim e a Ti Albertina na cama, numa noite de Verão.
Diz ela:
- Ó Jaquim, ainda gostas de mim, homi?
- Atã nã houvera de gostari?
- Ê nã sê... Tu já nem me procuras...!
- Ora porra, tu também nã t'escondes...!


Um galo descobre a infidelidade da sua galinha e fica furioso!
Começa a partir o galinheiro todo... incluindo os ovos!
No meio dos ovos descobre um ovo de barro...
Completamente fora de si grita para a galinha:
-Aaaahhhh minha Grande cabra!
Nem o galo de Barcelos te escapou
!



A diferença entre ser sogra do GENRO e sogra da NORA Duas distintas senhoras encontram-se após um bom tempo sem se verem.
Uma pergunta à outra:
- Como vão seus dois filhos... a Rosa e o Francisco?
- Ah! querida... a Rosa casou-se muito bem. Tem um marido maravilhoso. É ele que levanta de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, faz o café da manhã, arruma a casa, lava as louças, recolhe o lixo e ajuda nas limpezas da casa. Só depois é que sai para trabalhar, em silêncio, para não acordar a minha filha. Um amor de genro! Benza-o, ó Deus!
- Que bom, heim amiga! E o seu filho, o Francisco? Casou também?
- Casou sim, querida. Mas tadinho dele, deu azar demais. Casou-se muito mal... Imagina que ele tem que levantar de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, fazer o café da manhã, arrumar a casa, lavar a louça, recolher o lixo e ainda tem que ajudar nas limpezas! E depois de tudo isso ainda sai para trabalhar, em silêncio, para sustentar a preguiçosa, vagabunda, e inútil da minha nora - aquela porca nojenta e mal agradecida!
CONCLUSÃO:
"Mãe é Mãe ! Sogra é Sogra" !!!

Casamento à moda antiga .....

( Alentejo 2 compadres conversando.....) Fui ontem a Beja. Encontrei o Manel Jaquim , amigalhaço de há muitos anos e que vive perto de Beja.

Eis o diálogo, que transcrevo com bastante rigor:

-Então Manel Jaquim, onde tens andado?
-Ó amigo Zé, olha, por aí....andei à tua procura para te dizer que casei... Casei à moda antiga, vê bem...

-À moda antiga? Então foste naquelas carroças que havia antigamente, levaste um banho de arroz...

-Qual quê, Zé, casei à moda antiga, porra, CASEI COM UMA MULHER !!!!!

GRAVIDEZ NA 3ª IDADE
Com toda esta nova tecnologia recente sobre a fertilidade, uma senhora de 78 anos foi capaz de dar à luz um menino.

Quando ela teve alta hospitalar, foi para casa, e seus familiares e amigos vieram visitá-la.
- Podemos ver o novo bebé? - alguém perguntou.
- Ainda não - disse a mãe - Vou fazer um café e poderemos conversar um pouco antes.
Trinta minutos se passaram; e um outro perguntou:
- Podemos ver o bebé agora?
- Não, ainda não - disse a mãe.
Depois de mais alguns minutos, eles perguntaram de novo:
- Podemos ver o bebé agora?
- Não, ainda não. - respondeu a mãe.
Já meio impacientes, eles perguntaram :
- Bem,... então quando poderemos ver o bebé?
- QUANDO ELE CHORAR! - ela disse a eles.
- QUANDO ELE CHORAR???
- E por que temos que esperar ele chorar?
- PORQUE EU ESQUECI ONDE O COLOQUEI!


Será que é uma mera coincidência? Estava eu a pensar...

O meu cão dorme em média 20 horas por dia. Ele tem toda a comida preparada para ele. Ele pode comer qualquer coisa que lhe apeteça. A comida é-lhe dada sem custo.

Vai ao veterinário uma vez ao ano, ou quando necessário, sempre que algum mal lhe aparece. E não paga nada por isso, e nada lhe é pedido.

Mora numa zona central, com boa vizinhança e numa casa que é muito maior do que ele necessita, mas não precisa limpar nada. Se ele fizer porcaria, alguém limpa.

Ele escolhe os melhores lugares da casa para fazer a sua soneca, e recebe essas acomodações completamente grátis.

Vive que nem um rei e sem que isso lhe acarrete qualquer despesa extra. Todos os seus custos são pagos por outras pessoas que tem de sair de casa para ganhar a vida todos os dias.

Eu estive a pensar sobre isto, e de repente veio-me à ideia a resposta...

Puta que pariu... ... ... O meu cão é deputado!!!


Papagaio no congelador

Um papagaio engoliu um comprimido de Viagra distraidamente deixado ao seu alcance pelo dono. Este, preocupado com o efeito, mete o papagaio no congelador para o acalmar.

Um hora mais tarde o dono abre a porta e vê o papagaio todo suado.

- Como pode você estar suando no congelador ?

O papagaio responde.

- Você pensa que é fácil abrir as pernas de uma galinha congelada ?

domingo, setembro 19, 2010

Um Bom Spot Publicitário-I

Cristiano Ronaldo, num bom spot publicitário em (versão film noir), para a Armani Jeans!

sexta-feira, setembro 17, 2010

Bonitas Fotos do Passado

Check out this SlideShare Presentation:

Confissões de Um Casal Alentejano

Justina, no leito de morte, decide confessar ao seu António:
- Toino, sabis? O nosso filho más velho nã é tê filho...
O António, muito tranquilo, responde-lhe:
- Dêxa lá Justina, nã há nenhum problema...
Justina, muito intrigada com toda a calma do seu António, repete-lhe:
- Escuta lá Toino!!! Vê se intendes! Estou a dezêr-te que o tê filho
nã é teu! Homem de Deus!!!
E o António muito serenamente responde-lhe:
- Pois, pois... eu entendi, Justina.
- Ai, Jisus!! Por que raios então tu nã estás zangado e ficas tã tranquilo?!?!
Finalmente, o António responde:
- Pois... sabes Justina, que este filho tambêm nã é tê filho!!!?
Justina indignada rebate:
- Como não é mêu, homem de Deus?... Sê carreguê o infliz na minha
barriga durante nov meses?!
António responde:
- Justina, lembras-te quando tu estavas na maternidade me pediste para
trocar o menino, quêli tava todo cagado?... Pois bê... eu troquê-o por
um limpinho que tava lá ao lado.

sábado, setembro 11, 2010

Kitagawa Utamaro - Amantes

Dois amantes, com os rostos quase escondidos, abraçam-se numa sala que dá para um jardim. Os seus corpos nus podem vislumbrar-se através das pregas dos quimonos de seda de delicados padrões. O quadro é composto por linhas líricas muito fluídas que delineiam graciosamente as formas, pois não existem nem sombras nem sugestões de profundidade.Grande mestre de Xilogravura, KitagawaUtamaro (Tóquio,1753/1806), foi o primeiro artista japonês a tornar-se famoso no Ocidente. Contrariando a tradição Ocidental, não se preocupava em criar poses naturais e profundidade, mas sim formas e padrões planos. A sua abordagem teve grande influência em artistas com Edgar Degas que, no século XIX, procuravam um novo modo de expressão e uma maneira inovadora de representação, Esta gravura que aqui aparece, faz parte de "O Livro de Cabeceira", provavelmente o melhor dos álbuns eróticos de Utamaro, obras sumptuosas com uma espantosa colecção de gravuras a cores, que incluíam também cenas das lendas japonesas.Esta gravura denominada de "Os Amantes" foi realizada pelo artista em 1788, é uma Xilogravura sobre papel, tem 24,8x37x4cm e pode ser apreciada no Victoria and Albert Museum, Londres.

Inception-A Origem

Decididamente este Inception-A Origem, do genial C.Nolan é para mim (e para todos os que gostam de cinema) o Melhor Flme do Ano!
E não digo mais nada!

Dança Com Lobos

Uma homenagem magnífica ao Canis Lupus, a mais nobre das espécies em vias de extinção, ao som de ‘Mummers dance’, de Lorena McKennitt.Lindo!

quinta-feira, setembro 09, 2010

Sam Raimi - Drag Me To Hell

Sam Raimi, o mestre do terror está de volta aos ecrans com um filme escrito e realizado em parceria com o seu irmão Ivan Raimi,denominado de Drag me to Hell, (Até ao inferno).O filme estreia esta semana em Portugal e promete muitos sustos, até porque o mesmo tem vindo a fazer uma boa carreia tantos nos E.U.A. como pela Europa. Drag me to Hell foi escrito há alguns anos, antes do realizador trabalhar nos filmes da série Homem-Aranha.O filme teve sua estréia no Festival de Cannes e foi lançado com boas críticas, e teve também um grande sucesso de bilheteria, arrecadando 90.8 milhões de dólares a nível mundial para uma produção de 30 milhões.
Drag Me to Hell ganhou também o prêmio de melhor filme de terror nos Saturn Awards de 2010.A história gira em torno de Christine Brown (Alison Lohman) que trabalha como analista de crédito e vive com seu namorado, o professor Clay Dalton (Justin Long), em Los Angeles. Um dia, para impressionar seu chefe, ela recusa o pedido de uma estranhíssima mulher chamada Sylvia Ganush (Lorna Raver) para conseguir um acréscimo ao seu empréstimo bancário, de forma a poder pagar a sua casa. Como vingança, a anciã joga uma maldição sobrenatural sobre a vida vida de Christine, o que faz que durante três dias a mesma viva sobre um constante terror, ao fim dos quais será arrastada para o inferno, a menos que consiga passar a maldição para alguêm! Os actores, não sendo muito conhecidos conseguem dar muito boa conta do recado, principalmente as duas mulheres em confronto. São eles Alison Lohman ... Christine Brown / Justin Long ... Professor Clayton "Clay" Dalton / Lorna Raver ...Sylvia Ganush /Dileep Rao ... Rham Jas /David Paymer ...Jim Jacks /Reggie Lee ... Stu Rubin /Adriana Barraza ... Shaun San Dena /Chelcie Ross ... Leonard Dalton /Molly Cheek .../Trudy Dalton /Bojana Novakovic ... Ilenka Ganush.Look the trailer e...assustemo-nos!

segunda-feira, setembro 06, 2010

Delícias do Casamento!

- Querida, vamos ter que começar a economizar.
- Tudo bem... Mas como?
- Aprende a cozinhar e manda a empregada embora.
- Está bem!....Então aprende a fazer amor e dispensa o motorista!


O marido pergunta para a mulher:
- Querida, quando eu morrer, tu vais chorar muito?
- Claro querido! Tu sabe que eu choro por qualquer disparate...



Na cama, o marido vira-se para a sua jovem esposa e pergunta:
- Querida, diz-me que eu sou o primeiro homem da tua vida.
Ela olha para o idiota e responde:
- Pode ser... A tua cara não me é nada estranha...


Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra.
Uma discussão anterior havia levado-os a uma briga, e nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma fazenda em que havia mulas e porcos, o marido perguntou, sarcástico:
- Parentes teus?
- Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra...



Marido pergunta pra mulher:
- Vamos tentar uma posição diferente essa noite?
A mulher responde:
- Boa ideia, tu ficas aqui em pé lavando a louça e eu sento-me no sofá!!!!!


O marido decide mudar de atitude. Chega em casa todo machão e ordena:
- Eu quero que você prepare uma refeição dos deuses para o jantar e quando eu terminar espero uma sobremesa divina. Depois do jantar trazes-me um whisky e preparas um bom banho porque eu preciso relaxar.
E tem mais: Quando eu terminar o banho, adivinha quem vai me vestir e me pentear?
- O homem da funerária... Respondeu placidamente a esposa...



Querida, o que você prefere? Um homem bonito ou inteligente?
- Nem um, nem outro.
- Tu sabes que eu só gosto de ti!


O marido e a mulher estão bebendo cerveja num barzinho. Ele vira pra ela e diz:
- Tu estás a ver aquela mulher ali no balcão, tomando whisky sozinha?
-Sim, estou a ver-responde a mulher
- Pois eu separei-me dela faz sete anos! Depois disso ela nunca mais parou de beber..
A mulher responde:
- Não diga disparates! Ninguém consegue comemorar durante tanto tempo assim!

Pavilhão Português na Expo-Xangai

Link do filme que está a passar no pavilhão de Portugal, em Xangai:
http://vimeo.com/11651143

sexta-feira, setembro 03, 2010

Paula Rego-A Família

Uma cena familiar, aparentemente inocente é minada por uma carga sexual perturbante. A acção principal desenrola-se entre a jovem de rosto estranho e expressão curiosa que se encontra junto à janela e a sua determinada irmã.Toda a cena transmite uma vibração sexual de carácter incestuoso posto que esta última encostada ao corpo do homem, (entre as suas pernas), ajuda a sua simpática e confiante mãe a despi-lo. Esta cena de rebeldia (se assim o podemos denominar), com todas as suas conotações eróticas, é o elemento de entendimento e de ambiguidade da obra. O quadro é representativo do estilo pelo qual Paula Rego (nascida em Lisboa em 1935 e radicada em Londres há muitos anos), se tornou mundialmente famosa.Simples mas sinistros, os seus quadros caracterizam-se pela sua monumentalidade e pela encenação de dramas psicológicos e em que a mulher ou o elemento familiar estão sempre presente.Esta pintora debruça-se muitas vezes sobre as relações ambíguas entre homens, mulheres e crianças, fazendo também gravuras baseadas na sua própria interpretação de histórias infantis, dando-lhes uma visão perturbante e algo assustadora, como foi o caso da sua série de gravuras baseadas na figura de Peter Pan de J. M.Barrie.Esta quadro que aqui aparece intitula-se "A Família", foi realizado em 1988 é acrílico sobre papel montado sobre tela. O quadro tem 213,4x213,4 e pertence à Colecção Saatchi, Londres.

quinta-feira, setembro 02, 2010

Na Vida tudo é Relativo

Ao fim da tarde, um ginecologista aguarda a sua última paciente, que não chega.
Depois de 30 minutos de espera, supõe que esta já não virá e resolve beber um gin tónico para relaxar antes de voltar para casa.
Instala-se confortavelmente numa poltrona e começa a ler o jornal quando toca a campainha.
É a paciente que chega cansada e com voz ofegante pede desculpas pelo atraso.

- Não tem importância - responde o médico.
Olhe, eu estava a beber um gin tónico enquanto a esperava. Quer um também para relaxar um bocado?

- Aceito com prazer - responde a paciente aliviada.

Ele serve-lhe um copo, senta-se na sua frente e começam a conversar sobre banalidades.

De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório.
O médico tem um sobressalto, levanta-se bruscamente e diz:
- A minha mulher! Rápido, tire a roupa e abra as pernas!

Na vida tudo é relativo...!

Cinco regras para um homem ser feliz

1. É importante que tenha uma mulher que o ajude na casa, que cozinhe, que limpe e que tenha um trabalho fora para ajudar nas despesas;

2. É importante que tenha uma mulher com sentido do humor e que o faça rir;

3. É importante que tenha uma mulher na qual confie e que não minta;

4. É importante que tenha uma mulher que seja boa na cama e que goste de estar consigo;

5. É MUITO, MUITO, MUITO, MUITO importante que essas quatro mulheres não se conheçam!

A Obesidade Mental

O prof. Andrew Oitke publicou o seu polémico livro «Mental Obesity»,
que revolucionou os campos da educação, jornalismo e relações sociais
em geral.
Nessa obra, o catedrático de Antropologia em Harvard introduziu o
conceito em epígrafe para descrever o que considerava o pior problema
da sociedade moderna.
«Há apenas algumas décadas, a Humanidade tomou consciência dos perigos
do excesso de gordura física por uma alimentação desregrada.
Está na altura de se notar que os nossos abusos no campo da informação
e conhecimento estão a criar problemas tão ou mais sérios que esses.»
Segundo o autor, «a nossa sociedade está mais atafulhada de
preconceitos que de proteínas, mais intoxicada de lugares-comuns que
de hidratos de carbono.
As pessoas viciaram-se em estereótipos, juízos apressados, pensamentos
tacanhos, condenações precipitadas.
Todos têm opinião sobre tudo, mas não conhecem nada.
Os cozinheiros desta magna "fast food" intelectual são os jornalistas e
comentadores, os editores da informação e filósofos, os romancistas e
realizadores de cinema.
Os telejornais e telenovelas são os hamburgers do espírito, as
revistas e romances são os donuts da imaginação.»
O problema central está na família e na escola.
«Qualquer pai responsável sabe que os seus filhos ficarão doentes se
comerem apenas doces e chocolate.
Não se entende, então, como é que tantos educadores aceitam que a
dieta mental das crianças seja composta por desenhos animados,
videojogos e telenovelas.
Com uma «alimentação intelectual» tão carregada de adrenalina,
romance, violência e emoção, é normal que esses jovens nunca consigam
depois uma vida saudável e equilibrada.»
Um dos capítulos mais polémicos e contundentes da obra, intitulado "Os
Abutres", afirma:
«O jornalista alimenta-se hoje quase exclusivamente de cadáveres de
reputações, de detritos de escândalos, de restos mortais das realizações
humanas.
A imprensa deixou há muito de informar, para apenas seduzir, agredir e
manipular.»
O texto descreve como os repórteres se desinteressam da realidade
fervilhante, para se centrarem apenas no lado polémico e chocante.
«Só a parte morta e apodrecida da realidade é que chega aos jornais.»
Outros casos referidos criaram uma celeuma que perdura.
«O conhecimento das pessoas aumentou, mas é feito de banalidades.
Todos sabem que Kennedy foi assassinado, mas não sabem quem foi Kennedy.
Todos dizem que a Capela Sistina tem tecto, mas ninguém suspeita para
que éque ela serve.
Todos acham que Saddam é mau e Mandela é bom, mas nem desconfiam porquê.
Todos conhecem que Pitágoras tem um teorema, mas ignoram o que é um cateto».
As conclusões do tratado, já clássico, são arrasadoras.
«Não admira que, no meio da prosperidade e abundância, as grandes
realizações do espírito humano estejam em decadência.
A família é contestada, a tradição esquecida, a religião abandonada, a
cultura banalizou-se, o folclore entrou em queda, a arte é fútil,
paradoxal ou doentia.
Floresce a pornografia, o cabotinismo, a imitação, a sensaboria, o egoísmo.
Não se trata de uma decadência, uma «idade das trevas» ou o fim da
civilização, como tantos apregoam.
É só uma questão de obesidade.
O homem moderno está adiposo no raciocínio, gostos e sentimentos.
O mundo não precisa de reformas, desenvolvimento, progressos.
Precisa sobretudo de dieta mental.»